PROJETO "LER EM FAMÍLIA"

Publicado em: 16/02/17

É importante começar a ler desde cedo para que, no decorrer de sua vida, você tenha segurança ao fazer um discurso, lidar com o ambiente de trabalho, produzir um bom texto e se conhecer melhor.   

Em entrevista, a Auxiliar de Biblioteca Tamy Furtado relata como está sendo desenvolver seu trabalho com todas as faixas etárias da escola e, ainda, nos conta sobre o Projeto "Ler em Família", que tem como público-alvo a Educação Infantil e o Ensino Fundamental I. Confira: 

Em que consiste o projeto “Ler em Família”?

O projeto consiste em proporcionar um momento em que a família se reúna para fazer leitura. A criança leva um kit contendo um livro, um caderno e giz de cera para casa com o intuito de que o pai, a mãe ou qualquer adulto da família possa ler e interagir com ela. É um momento para que a família possa se unir. Os pais vão se juntar a seus filhos e registrar as reações da criança diante daquela leitura, das discussões... Quando se fala em reação, estamos também analisando como a criança vai se comportar vendo que o adulto está parando os seus afazeres para estar com ela num momento diferente. A criança, por sua vez, irá fazer um desenho que tenha como tema o assunto abordado pelo livro, complementando as ideias relacionadas na leitura do livro.

Como acontece esse processo de leitura, de acordo com cada faixa etária?

A criança da educação infantil dependerá diretamente dos pais para que leiam o livro para ela. Já no Fundamental I, o senso crítico da leitura se amplia e a discussão acontece de uma forma ainda mais aprimorada, sempre partindo do princípio leitor e do direcionamento dos pais.

De que forma surgiu esse trabalho como Auxiliar de Biblioteca?

Esse trabalho surgiu de repente! Particularmente, eu não fazia ideia de como era o funcionamento real de uma biblioteca, pois trabalhava como auxiliar de sala. Achava que os alunos pegavam livros, faziam as trocas e as leituras aconteciam. Quando a oportunidade do projeto apareceu, vi que é maravilhoso trabalhar aqui. É uma oportunidade de estar com os alunos diretamente, sabendo de suas vontades, seus perfis enquanto leitores e, aos poucos, até o perfil de cada professor vai me inspirando a perceber que cada pessoa tem uma escolha pessoal. Tenho lido mais e conhecido mais opções literárias para fazer indicações. Tem sido, acima de tudo, um aprendizado para mim.

Descreva o perfil de um aluno da Educação Infantil e do Ensino Fundamental.

A criança da educação infantil é totalmente dependente de você. Você conta as histórias para ela, faz um momento mágico acontecer para o mundo dela. O público do Fundamental I já chega para escolher o seu próprio livro! Eles são mais autônomos para analisar as suas preferências de leitura. No Fundamental II, o objetivo é usar a biblioteca para fazer estudos dirigidos. É aí que eu sinto que a biblioteca ganha um ar ainda mais alegre! O comportamento juvenil traz um ânimo para o ambiente, com os seus risos, comentários, interações e sempre direcionados para os combinados feitos com eles. Eles estão descontraídos, mas estão estudando!

Qual a importância da leitura nos dias de hoje?

A leitura, iniciada mais cedo, traz uma facilidade no falar, na comunicação da criança e, principalmente, em seu vocabulário e em seu desenvolvimento cultural. O estímulo pelo gosto da leitura prossegue no fundamental I, que é onde a criança aprende a formular respostas mais elaboradas, e vai, cada vez mais, adquirindo maturidade durante o fundamental II – o que os ajuda a falar melhor, conversar melhor e a desenvolver as suas habilidades.

 

Últimas publicações







INSTITUTO MÁXIMO DE EDUCAÇÃO

Rua João Américo da Silva, 384 - Centro - Jacareí
maximo.educacao@uol.com.br

© Copyright 2004-2017 - Quality Tecnologia e Sistemas